ORAÇÃO DO AMOR

27 de Outubro de 2010 0 Por Pe Leo Orlando

Senhor Jesus, Tu ensinaste a amar, pois grande será a recompensa por aqueles que vivem o amor, até pelos inimigos, e serão chamados, de verdade, filhos do Pai Celeste (Lc 6,35), por isso, Jesus me apresento aos teus pés para que me concedas uma experiência verdadeira e profunda de que tu me amas. Desde pequeno, sei que tu me amas e cuides de mim, mas agora estou mais crescido e perdi aquela inocência de criança. Queria ser diferente, mas não consigo.

Jesus, sei que tu me amas, mas eu duvido do Teu Amor, não o sinto dentro de mim, sinto-me preso, bloqueado. Sei com a mente que Tu me amas, mas não o sinto no coração. Por isso, Jesus, peço-Te, não olhar para as minhas falhas e infidelidades, e derrama Teu Amor em meu coração. Quero amar e ser amado, sinto esta exigência afectiva dentro de mim, sinto esta falta de amor. O que é mais grave, é que não me sinto amado por Tua parte, sinto-me sozinho. É como se me tivesses escolhido por uma missão e depois me tivesses deixado sozinho. Sei que Tu estás sempre perto de mim, especialmente quando estou recolhido em oração, quando participo na Santa Missa … mas o meu coração fica frio, parece que tu estás longe, não te vejo na minha vida, não Te sinto …

Senhor Jesus, peço-Te agora, faz-me sentir que Tu amas, faz-me sentir que sou um filho, uma filha de Deus. Neste momento sei que não estás a olhar para os meus pecados, mas como um filho amado, uma filha amada. Que felicidade! Faz-me sentir-me amado, amada, já que não o sinto há anos. Diz-me que me amas! Estou aqui, Jesus, como uma criancinha diante da mãe, para te pedir, ama-me, abre meu coração para o amor, faz que seja capaz a receber Teu amor.

Jesus, meu coração está ferido. Meus pais me amaram, fizeram o melhor que puderam, contudo não conseguiram amar-me como eu precisava: deram-me tudo, mas não me abraçaram …

Desde que comecei a caminhar na fé, perdi as amizades e a estima dos meus parentes, mas sempre me senti forte porque te sentia ao meu lado, ninguém percebe que tenho um coração como todos os outros, querem que eu seja forte, mas, Senhor, eu sou fraco. Queria que os outros aceitassem esta minha fraqueza, embora eu seja pai, mãe, catequista … sacerdote, freira … continuo a ser profundamente humano, como todos os outros.

Meu Jesus, quantas feridas levo no meu coração! Tu bem as conheces. Peço-Te: toca-as com tua mãos e cura-as, Senhor! Cura todas aquelas feridas que cuidadosamente mantenho escondidas, porque penso que mostra-las seria uma fraqueza e perderia a estima dos outros. Sim, Jesus, estou a cobrir-me com uma máscara, mostrando que sou forte, escondendo as minhas fraquezas. Os outros podem pensar que sou forte, mas eu sou fraco, e Tu bem sabes disso. Tu és O único que podes ler dentro e fora de mim. Tu conheces os meus passos, as minhas dúvidas, as minhas frustrações, as minha fraquezas e pecados, conheces tudo de mim. Por isso, Jesus, estou aqui assim como sou, triste porque sei o que fiz, mas feliz, sabendo que Tu me acolhes em teus braços e que me entendes. Faz que hoje sinta o calor do Teu abraço, que sinta o Teu amor misericordioso. Abraça-me, Senhor, Jesus, abraça-me, Senhor

Pára agora, aprecia, o abraço de Jesus, o abraço do PAI, o fogo do Amor de Deus pelo Espírito Santo aquecendo teu coração e curando teu coração.

Obrigado, meu Senhor e meu Deus pelo dom da vida, por eu existir. Obrigado pelo Teu Amor. Obrigado por ser o que sou e não precisar de ser diferente. Obrigado pela minha identidade, pela minha originalidade e, até, obrigado pelos meus defeitos e limitações, que são como tantas brechas que me mantêm humilde e capaz de receber Teu amor.

Obrigado, Jesus, porque neste momento estás actuando dentro de mim, estás curando meu coração. Transforma todo o meu ser, pelo Teu Espírito, faz de mim uma criatura nova, inflamada de Amor e cheia de Paz. Abraça-me, Senhor Jesus, quero ficar sempre Contigo, nunca te deixarei, porque longe de ti a minha vida é um desastre, mas Contigo tudo é possível. Contigo terei vida nova e abundante. Contigo serei sempre feliz.

Contigo, Jesus, está também Maria, Tua e nossa Mãe, impondo suas mãos cheias de amor divino na minha cabeça e nos meus ombros. É Ela que me ama e me conduz junto de Ti. É Maria que me chama filho, filha; É Maria que me traz o Espírito Santo, tal como fez no seu encontro com Isabel.