A Pessoa: uma tentativa quotidiana

17 de Junho de 2010 0 Por Pe Leo Orlando

A pessoa humana não está feita, faz-se constantemente. Não é um ser quieto, está aberto para o futuro: é uma constante tentativa de auto realização, uma obra nunca acabada, um ser que luta diariamente para atingir a sua perfeição. Crescer, tentar ser nós próprios, eis a grande tarefa da nossa vida. O facto de nunca estarmos satisfeitos é o sinal mais claro da necessidade de crescermos, de nos tornarmos mais humanos. Isto exige um recomeçar, todos os dias, uma luta constante para alcançarmos a nossa maturidade humana e espiritual. Este desejo de superação enobrece a pessoa e torna-a capaz de alcançar novos objectivos de maturidade.