Alegria e sorrisos

2 de Janeiro de 2014 0 Por Pe Leo Orlando

Alegria e sorriso

O dinheiro e o sucesso não dão felicidade. Todos o sabem, mas infelizmente muitas pessoas procuram o dinheiro e o sucesso e vivem cheios de ânsia e de medo, sempre ocupados e preocupados de manter o seu status social. Em contraste, muitos outros que são realmente pobres, sem dinheiro e desconhecidos, sorriem com muita facilidade e, com frequência exteriorizam uma grande alegria.

A alegria e o sorriso fazem parte da vida cristã. Os cristãos são  pessoas felizes que sorriem porque confiam em Deus e não se preocupam com o amanhã.

A procura do dinheiro e do sucesso leva as pessoas a viver sempre ocupados, preocupados e ansiosos. Os pobres, livres da corrida para os bens materiais, tem tempo para Deus e apreciar a vida.

As crianças a brincar juntas mostram-nos a alegria de estarem juntas, assim…, nem mais nem menos. Um dia, quando eu estava muito ocupado a entrevistar uma artista que admirava bastante, a sua filhinha de cinco anos disse-me: «Fiz um bolo de aniversário com areia. Agora tem que vir e fingir que o está a comer e que gosta dele. Vai ser divertido!». A mãe sorriu e disse-me: «É melhor você brincar com ela antes de falar comigo. Talvez ela tenha mais a ensinar-lhe do que eu».

A alegria simples e directa duma criança recorda-nos que Deus Se manifesta nos lugares onde há sorrisos e até risadas. Os sorrisos e as risadas abrem as portas do reino. Eis por que Jesus faz um apelo a que nós sejamos como crianças.