Jeus, o Cordeiro de Deus

2 de Janeiro de 2014 0 Por Pe Leo Orlando

«Eis o Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo»
O pecado é a raiz de todos os males e sofrimentos. São Paulo resumiu tudo isto dizendo que “o salário do pecado é a morte” Jesus disse que “todo homem que se entrega ao pecado torna-se escravo do pecado”
Jesus veio a este mundo para nos libertar do pecado, origem de todos os males, por isso, pagou o preço mais alto, suportando uma morte terrível, uma paixão horrivelmente dolorosa. Foi para tirar o pecado do nosso coração, para que acreditando Nele tenhamos a Vida Eterna.
O pecado é tristeza tristeza, escravidão, trevas, destroi a tua vida. Tira o pecado do teu coração, Deus será o comandante da tua vida e serás feliz.

  • Tira o egoísmo, a ganância, a impureza, a gula, a ira, a inveja, a preguiça, etc. da tua vida, Deus reinará em teu coração e serás feliz.

  • Volta à Casa do Pai

    Jesus quer dar-te um vida nova, mas para a receber é preciso purificar o teu coração. É disso que tu estás a precisar! Volta-te para Deus como filho pródigo. Volta a Casa do Pai.

    • Acolhe o Seu perdão. O sacerdote é o ministro de Jesus para te dar o Seu perdão. Procura um sacerdote, confessa-te e recebe o Perdão de Deus. O sacerdote é para isto.

    • Pela Confissão estás a voltar para a Casa do Pai, estás a colocar-te nos braços de Jesus, Bom Pastor, estas a ganhar a graça do Espírito Santo.

    • Estás a renascer para uma vida cheia de luz, com a Paz de Jesus em teu coração.

    • Se estás amarrado com sentimentos de culpa, angustiado, magoado, ferido, se tem a consciência pesada e não tem sossego, está a precisar, há muito tempo, de uma confissão. Não perder tempo, vai ao sacerdote do Deus Altíssimo, e entrega-lhe com toda confiança as tuas misérias.

    • A Confissão é o único tribunal onde tu vai como culpado, mas ninguém te condena, sai sempre absolvido, perdoado e cheio de paz. A Confissão é o tribunal do amor de Deus. Não a deixes para amanhã.

    Só com Deus seremos felizes

    Quem não vive a Lei de Deus não pode ser feliz; e isto é fácil de entender. Foi Deus que te criou a Sua imagem e semelhança, corpo e alma, dotado de inteligência, liberdade, vontade, consciência… então, é lógico que só podes ser feliz se obedecer à Sua lei.

    • Não sejas orgulhoso, nem rebelde contra Deus; sejas esperto, escolhe viver seguindo os Mandamentos de Deus. Ele ama-te e só quer o teu bem.

    Deus exige o primeiro lugar

    Deus não aceita ser o “segundo” amor na nossa vida, Ele exige o primeiro lugar, porque para Ele cada um de nós é o primeiro.

    Jesus demonstrou isto de maneira clara com o Seu aniquilamento, na cruz, por cada um de nós. É por isso que o Primeiro Mandamento diz: “Amarás a Deus sobre todas as coisas”; isto é, “com todo o teu coração, com toda a tua alma e com toda a tua força.” (Dt 6,4).

    • Quem ama a Deus, faz a Sua Vontade, obedece aos Seus Mandamentos; quem não os observar não será feliz sobre a terra. Basta olhar toda a miséria do nosso mundo, todas as suas lágrimas e dores, e será fácil constatar o porque tudo isto ocorre; é simplesmente porque o homem não quer cumprir os mandamentos de Deus. Aquelas Dez Palavras (Dt 4,13.21) que Ele deu a Moisés.

    • Quando Deus acabou de dar as suas Leis ao povo, disse-lhes: “Vede: hoje coloco diante de vós a bênção e a maldição: A bênção, se observardes aos mandamen­tos do Senhor vosso Deus; a maldi­ção, se não lhe obedecerdes, desviando-vos do caminho.“ (Cf. Dt 11,26-28).

    • E as bênçãos que Deus promete são abundantes: “Se de fato obedecerdes aos mandamentos que hoje vos ordeno, amando o Senhor  vosso Deus e servindo-o com todo o vosso coração e com toda a vossa alma, darei chuva para a vossa terra no tempo certo: chuvas de Outono e de primavera. Poderás assim recolher teu trigo, teu vinho novo e teu óleo; darei erva no campo para o teu rebanho, de modo que poderás comer e ficar saciado.” (Dt 11,13-15; Lv 26; Dt 28).

    Jesus disse aos Apóstolos: “Se me amais guardareis os meus mandamentos” (Jo 14,23).”Nem todo aquele que diz Senhor, Senhor, entra­rá no reino dos céus, mas aquele que faz a vontade de meu Pai (…).“ (Mt 7,21).

    • Quando aquele jovem perguntou a Jesus: “Mestre, que devo fazer de bom para ter a vida eterna?”, o Senhor respondeu: “Se queres entrar para a Vida, guarda os Mandamentos: não matarás, não adulterarás, não roubarás, não levantarás falso testemunho, honra pai e mãe (…).“ (Mt 19,16-19). Para ver uma apresentação pps, clique aqui Jesus-o-cordeiro-de-deus