Os filhos desejam uma família unida

4 de Agosto de 2018 0 Por Pe Leo Orlando

Queridos pais, sei que a vida não é fácil para vós. Queria dizer-vos que o maior desejo dos vossos filhos é que continuem a amar-se e viver juntos; os vossos filhos querem uma família unida, não pais separados. A vossa separação geraria neles carência afectiva, desequilíbrio emocional, atrasos mentais, bloqueios na capacidade de se relacionar com os outros e na capacidade de amar. Isto é feridas emocionais profundas que os marcariam para sempre. A separação poderia afecta-los mais do que a morte de um.

A perceptiva de uma possível separação é para eles causa de pavor e ansiedade. Eis o porquê os filhos rejeitam a madrasta ou o padrasto e fazem de tudo para afastar o homem ou a mulher que querem entrar na vida de seus pais.

Queridos pais, amem o vosso matrimónio e façam de tudo para o salvar. Existe uma lei da natureza que todos os casais que a observarem poderão viver felizes e realizados: é a lei do amor. Por isso se preocupem para com a felicidade e a realização do outro, pois é amando o outro mais do que a si próprio que cada um se realiza.

O amor exige sacrifício. Cortem tudo o que impede a realização do vosso ideal de amor, custe o que custar. Lembrem-se que tudo o que é feito com verdadeiro amor não custa e que tereis uma grande recompensa, quer no relacionamento conjugal, quer por parte dos vossos filhos. Um bem incalculável!