Archive for the ‘Sementes de vida’ Category

O tempo é breve

Sexta-feira, Maio 8th, 2020

O tempo é breve

Este poema bonito é para aqueles que têm 40, 50 anos ou mais, mas hoje é um luxo para todos. Leia com calma, você vai gostar disso.

MINHA ALMA ESTÁ EM BRISA (Mário de Andrade)
Contei meus anos e descobri que tenho menos tempo para viver a partir daqui, do que o que eu vivi até agora.
Eu me sinto como aquela criança que ganhou um pacote de *doces*; O primeiro comeu com prazer, mas quando percebeu que havia poucos, começou a saboreá-los profundamente.
Já não tenho tempo para reuniões intermináveis ​​em que são discutidos estatutos, regras, procedimentos e regulamentos internos, sabendo que nada será alcançado.
Não tenho mais tempo para apoiar pessoas absurdas que, apesar da idade cronológica, não cresceram.
Meu tempo é muito curto para discutir títulos. Eu quero a essência, minha alma está com pressa … Sem muitos *doces* no pacote …

Quero viver ao lado de pessoas humanas, muito humanas. *Que sabem rir dos seus erros*. Que não ficam inchadas, com seus triunfos. Que não se consideram eleitos antes do tempo. Que não ficam longe de suas responsabilidades. Que defendem a dignidade humana. E querem andar do lado da verdade e da honestidade.
O essencial é o que faz a vida valer a pena.
*Quero cercar-me de pessoas que sabem tocar os corações das pessoas* …
*Pessoas a quem os golpes da vida, ensinaram a crescer com toques suaves na alma*
Sim … Estou com pressa … Estou com pressa para viver com a intensidade que só a maturidade pode dar.
Eu pretendo não desperdiçar nenhum dos *doces* que eu tenha ou ganhe… Tenho certeza de que eles serão mais requintados do que os que comi até agora.
*Meu objetivo é chegar ao fim* satisfeito e em paz com meus entes queridos e com a minha consciência.
Nós temos duas vidas e a segunda começa *quando você percebe que você só tem uma*…

A gratidão faz bem!

Sexta-feira, Maio 8th, 2020

A gratidão faz bem

A gratidão faz-nos bem. Parece a água da chuva que lava tudo o que toca ou aquele ar fresco do amanhecer, que nos faz respirar fundo…

A gratidão faz-nos bem e deve acompanhar os nossos dias. Por vezes, temos pequenos «nadas» para agradecer, mas noutros momentos há uma gratidão imensa, porque nos inquietámos no mais profundo das nossas vidas.

Um filho que está doente e consegue curar-se; um casamento a perder-se e que se salva; um emprego que se recupera, uma paz que se alcança, a superação de medos e injustiças que acaba por chegar….

Neste dia, eu Te agradeço, Jesus. Bem sei que Tu próprio nos disseste para pedirmos, pedirmos sempre, como quem bate à porta, na certeza de que será aberta, por causa do Teu imenso Amor por nós…

Mas hoje a gratidão enche o meu coração e por isso, o meu pedido só pode ser este: que saibamos sempre agradecer, conscientes do Amor de um Pai, que nunca desiste de nós abraçar.

Deus ensina

Sexta-feira, Maio 8th, 2020

DEUS…

Deus costuma usar a solidão
para nos ensinar sobre a convivência.
Às vezes, usa a raiva,
para que possamos compreender
o infinito valor da paz.
Outras vezes usa o tédio,
quando quer nos mostrar a
importância da aventura
e do abandono.
Deus costuma usar o silêncio
para nos ensinar sobre
a responsabilidade
do que dizemos.
Às vezes usa o cansaço,
para que possamos compreender
o valor do despertar.
Outras vezes usa doença,
quando quer nos mostrar
a importância da saúde.
Deus costuma usar o fogo,
para nos ensinar sobre água.
Às vezes, usa a terra,
para que possamos
compreender o valor do ar.
Outras vezes usa a morte,
quando quer nos mostrar
a importância da vida.”

Fernando Pessoa

De graça

Sexta-feira, Maio 8th, 2020

Eu penso que as melhores coisas da vida, são de graça:

Um sorriso, um abraço, um olhar, um carinho, uma amizade, uma palavra, uma atitude, o vento no rosto, cheiro de terra molhada, a beleza de uma flor, o luz do sol e o brilho da lua.

E por serem de graça, muitas vezes passamos pelos caminhos da vida com tanta pressa, que não paramos para reparar nessas coisas, por isso, vamos caminhar devagar, o importante não é chegar primeiro, mas sim chegar, quem anda com pressa não repara ao redor, mas quem anda devagar, tem o privilégio de admirar, de sentir, de tocar e de viver as melhores coisas da vida, assim a caminhada será mais leve e chegaremos lá, com a certeza de que pelo caminho tivemos o cuidado de Deus nos proporcionando lindas surpresas enquanto caminhávamos.

Yla Fernandes

A vaidade

Sexta-feira, Maio 8th, 2020

O Senhor Jesus ensina-nos a procurar em primeiro lugar o Reino de Deus e a Sua justiça e que a nada serve ganhar o mundo inteiro se perdemos a nossa alma.

Vaidade das vaidades, e tudo é vaidade (Ecle 1,2), senão amar a Deus e só a ele servir. A suprema sabedoria é esta: pelo desprezo do mundo tender ao reino dos céus.

4. Vaidade é buscar as riquezas perecedouras deste mundo e confiar nelas.
– Vaidade é também ambicionar honras e desejar posição elevada.
– Vaidade, seguir os apetites da carne e desejar aquilo pelo que, depois, serás gravemente castigado.
– Vaidade, desejar longa vida e, entretanto, descuidar-se de que seja boa.
– Vaidade é cuidar só da vida presente sem procurar a vida eterna. Vaidade, amar o que passa tão rapidamente, e não buscar, pressuroso, a felicidade que dura para sempre.

5. Lembra-te a miúdo do provérbio: Os olhos não se fartam de ver, nem os ouvidos de ouvir (Ecle 1,8). Portanto, procura desapegar teu coração do amor às coisas visíveis e afeiçoá-lo às invisíveis: pois aqueles que satisfazem seus apetites sensuais mancham a consciência e perdem a graça de Deus.

(Imitação de Cristo, Livro 1, 4-5)

Evitar a presunção

Sexta-feira, Maio 8th, 2020

Evitar a presunção
13E agora, vós dizeis: «Hoje ou amanhã iremos a tal cidade, passaremos ali um ano, faremos negócios e ganharemos bom dinheiro.» 14Vós, que nem sequer sabeis o que será a vossa vida no dia de amanhã! O que é, afinal, a vossa vida? Sois fumo que aparece por um instante e logo a seguir se desfaz! 15Em vez disso, deveis dizer: «Se o Senhor quiser, viveremos e faremos isto ou aquilo.» 16
– toda a vaidade deste género é má. 17Quem sabe praticar o bem e não o faz comete pecado.

Jesus, ao censurar os fariseus, disse-lhes: “a boca fala do que está cheio o coração” (Mt 12,34). E a advertiu nos versículos 36 e 37: “Mas eu lhes digo que, no dia do juízo, os homens haverão de dar conta de toda palavra inútil que tiverem falado. Pois por suas palavras você será absolvido, e por suas palavras será condenado”.

São Paulo, na Carta aos Gálatas, diz: “Não cultive iluções, de Deus não se zomba; o que alguém semeia, é isto que vai colher”.

O próprio Jesus exortava aos seus discípulos a amar até os inimigos, abençoa-los e não os amaldiçoar.

De facto muitas pessoas ficam amarrados por causa de uma maldição. Por isso São Tiago adverte: “A língua, nenhum ser humano consegue domá-la, ela é um mal que não se desiste e está cheia de veneno mortífero. Com ela bendizemos o Senhor e Pai, e com ela amaldiçoamos as pessoas, feitas à imagem de Deus” (Tiago 3,8s). Maldição é proferir para nós e para os outros um mal, é maledicência.

Muitas conversões de nossas famílias estão amarradas por causa de maldições. Certas pessoas não conseguem sair dos vícios, porque foram envenenadas pela língua dos outros. É comum ouvirmos: “Você é um alcoólatra, você é um drogado, você não tem jeito”, e outros tipos de palavras que atraem o mal.

Muitas pessoas carregam problemas financeiros, mês a mês, porque maldizem o seu salário. Quantas, ao verem o dinheiro no fim do mês, dizem: “Esse salário não serve para nada, não vai dar para pagar as contas! Esse salário é muito baixo”.
– Outras parecem gostar de falar mal de si mesmo: “Eu não dou conta, eu não consigo, não presto! Eu sou burro, não consigo aprender nada”.

O cristão nunca pode dizer “eu não presto”, “eu não consigo”. Ele tem de dizer como Paulo: “Tudo posso naquele que me fortalece”.

O mesmo acontece com os pais, que receberam de Deus a autoridade de abençoar seus filhos, mas, infelizmente, amaldiçoam seus filhos com palavras. É comum ouvirmos algumas palavras como: “Menino burro, você não aprende as coisas, você é um imprestável! Essa criança é uma praga!”.

Muitos jovens não saem das drogas, da prostituição nem da depressão, porque não são abençoados pelos pais. Da parte dos filhos, também se perdeu o costume de pedir a bênção. Há também famílias que carregam maldições de seus antepassados, pessoas que vivem com doenças, problemas financeiros, problemas de relacionamentos e outros, porque herdaram de seus bisavós, avós e pais as maldições proferidas contra eles naquela época.

Como romper com as maldições?
São Paulo, na carta aos Gálatas, diz: “Cristo nos resgatou da maldição da lei, tornando-se ele próprio um maldito em nosso favor, pois está escrito: maldito todo aquele que for suspenso no madeiro” (Gal 3,13).

Jesus, na cruz, livrou-nos de toda maldição fazendo-se por nós maldito, por isso, toda libertação está em Jesus. É preciso romper com todo tipo de maldição por meio do Sangue de Jesus e do poder de Seu Nome, fazer um exame de consciência, buscar o Sacramento da Reconciliação, celebrar Missas em intenção dos nossos antepassados e de nossa família. Nós precisamos tomar cuidado com as nossas palavras.
São Pedro diz: “Abençoai, porque para isso foste chamado: para serdes herdeiros da bênção”. Somos herdeiros da bênção, e quando abençoamos, quebramos maldições.

Procura SER amigo

Sexta-feira, Maio 8th, 2020

Caro amigo estou em Paris, estou num num hotel.
É tempo de pandemia.
Da janela posso ver uma grande praça deserta,
contemplo toda a solidão do mondo que grita:

Procura-se um amigo.

Não é necessário que seja homem ou mulher, mas que seja homem, humano, que seja capaz de ter sentimentos, que tenha coração. Que saiba falar e ficar calado no momento certo, mas sobretudo que saiba escutar com atenção.

Um amigo que goste de poesia, da madrugada, de pássaros, do por do sol, da lua, do canto dos ventos e do murmúrio das brisas.
Um amigo que tenha amor, um grande amor por alguém e que senta falta dele quando se afasta.

Um amigo que tenha amar ao próximo e saiba respeitar a dor alheia. Um amigo que saiba guardar os segredo sem sacrifício.

Não precisa ser puro, nem totalmente impuro, porém, não deve ser vulgar. Deve ter um ideal e sentir medo de perdê-lo. Se não for assim, deve perceber o grande vazio que isso deixa.

Precisa ter qualidades humanas. Sua principal meta deve ser a de ser amigo. Deve sentir piedade pelas pessoas tristes e compreender a solidão.

Que ele goste de crianças e lastime as que não puderam nascer e as que não puderam viver.

Que goste dos mesmos gostos. Que se emocione quando é chamado “amigo”. Que saiba conversar sobre coisas simples e de recordações da infância.

Um amigo para contar juntos o que se viu de belo e de triste durante o dia; das realizações, dos sonhos e da realidade.

Um amigo que goste de ruas desertas, de poças d’água, de beira de estrada, do cheiro da chuva e de se molhar no orvalhado da aurora.

Um amigo que diga que vale a pena viver não porque a vida é bela, mas porque já se tem um amigo.

Um amigo que tenho um ideal na sua vida e que tenha medo de o perder. Não é necessário que seja um eroi, mas que respeite e não desprecie os outros.
Um amigo para eu ter consciência de que estou a viver.

Sim ter um amigo. É esta uma reflexão simples e profunda ao mesmo tempo. Neste tempo de isolamento social onde a solidão aperta e outros vírus perigosos atacam as pessoas: angústia, conflitos em família, preguiça, fugas nas redes sociais, sem contar as dificuldades económicas devido à falta de trabalho.

Reflexão do Padre Leo

Neste tempo, o Senhor Jesus é e continua a ser o Salvador, Aquele que preenche a nossa solidão e nos liberta de todas as angústias. Ele nos liberta de todos os medos porque só Ele tem Palavras de Vida e de Vida eterna.

O mundo com as suas estratégias poderá nos ajudas a sobreviver por pouco ou muito tempo. Só Jesus nos ajuda a viver de verdade porque nos desprendo de todos os apegos que nos escravizam. Só com Ele vivemos neste mundo, mas não pertencemos ao mundo, porque estamos ligados com a fonte da vida: Deus.

Muitas bênçãos. Padre Leo

O tempo é como um rio

Sexta-feira, Maio 8th, 2020

O tempo é como um rio.
Você nunca poderá tocar na mesma água duas vezes, porque a água que já passou, nunca passará novamente.

Aproveite cada minuto de sua vida e lembre-se: Nunca busque boas aparências, porque elas mudam com o tempo.

Não procure pessoas perfeitas, porque elas não existem. Mas busque acima de tudo, um alguém que saiba o seu verdadeiro valor.

Tenham 4 amores: Deus; A vida; A família; E os amigos.

Deus porque é o dono da vida;
A vida porque é curta;
A família porque é única;
E os amigos porque são raros!!

Escolha a fidelidade!

Sábado, Agosto 4th, 2018

Os sentimentos e os afectos não dominatos acabam por nos escravizar e destruir. Meu bom amigo (a) se és casado (a) escolhe a fidelidade! Imaginemos que sintas uma certa atracção e gosto de conversar com uma pessoa de outro sexo que não seja teu esposo ou esposa, namorado ou namorada, decidi-te logo. Não conversar mais com aquela pessoa, se continuar, corres o risco de destruir teu casamento ou namoro. Estes sentimentos indevidos devem ser cortados imediatamente, de raiz, mesmo no início, senão acabará por cair.

Se és casado e trabalhar junto com outra pessoa já casada, não lhe faltar de respeito, mas corta imediatamente! A conversa deve limitar-se ao essencial se não quer acabar vergonhosamente com o teu casamento. Não existem heróis no campo da afectividade; que não está decidido a cortar logo que tomar consciência, acabará por cair.

Como ser fiel? A lei da natureza diz que só seremos felizes se amamos, isto é se tornamos feliz o outro. Por isso, toma a decisão firme de tornar feliz o teu esposo ou esposa. A felicidade do teu esposo ou esposa é mais importante do que a tua própria felicidade. Se pensar em ti próprio, serás sempre uma pessoa insatisfeita e amargurada. Se pensar na felicidade do outro, isto é da tua esposa ou esposo e dos filhos, esquecendo-se de ti próprio, a felicidade entrará na tua família e no teu coração.

Marido, valoriza a tua esposa que, depois de um dia de trabalho, continua a fazer os serviços domésticos, escuta os seus conselhos … senão acabarás por martirizá-la e entregá-la nos braços de outra pessoa. Alerta!

Mulher, se tem uma vida activa na sociedade, conserva sempre o devido pudor na maneira de vestir e no trato. Lembra-te que um homem, mesmo que seja teu marido, não consegue aceitar tudo. Alerta!

Quem não segue a lei da natureza passará muitas lágrimas na terra e se condena na outra vida.

Os filhos desejam uma família unida

Sábado, Agosto 4th, 2018

Queridos pais, sei que a vida não é fácil para vós. Queria dizer-vos que o maior desejo dos vossos filhos é que continuem a amar-se e viver juntos; os vossos filhos querem uma família unida, não pais separados. A vossa separação geraria neles carência afectiva, desequilíbrio emocional, atrasos mentais, bloqueios na capacidade de se relacionar com os outros e na capacidade de amar. Isto é feridas emocionais profundas que os marcariam para sempre. A separação poderia afecta-los mais do que a morte de um.

A perceptiva de uma possível separação é para eles causa de pavor e ansiedade. Eis o porquê os filhos rejeitam a madrasta ou o padrasto e fazem de tudo para afastar o homem ou a mulher que querem entrar na vida de seus pais.

Queridos pais, amem o vosso matrimónio e façam de tudo para o salvar. Existe uma lei da natureza que todos os casais que a observarem poderão viver felizes e realizados: é a lei do amor. Por isso se preocupem para com a felicidade e a realização do outro, pois é amando o outro mais do que a si próprio que cada um se realiza.

O amor exige sacrifício. Cortem tudo o que impede a realização do vosso ideal de amor, custe o que custar. Lembrem-se que tudo o que é feito com verdadeiro amor não custa e que tereis uma grande recompensa, quer no relacionamento conjugal, quer por parte dos vossos filhos. Um bem incalculável!