Archive for the ‘Sementes de vida’ Category

Escolha a fidelidade!

Sábado, Agosto 4th, 2018

Os sentimentos e os afectos não dominatos acabam por nos escravizar e destruir. Meu bom amigo (a) se és casado (a) escolhe a fidelidade! Imaginemos que sintas uma certa atracção e gosto de conversar com uma pessoa de outro sexo que não seja teu esposo ou esposa, namorado ou namorada, decidi-te logo. Não conversar mais com aquela pessoa, se continuar, corres o risco de destruir teu casamento ou namoro. Estes sentimentos indevidos devem ser cortados imediatamente, de raiz, mesmo no início, senão acabará por cair.

Se és casado e trabalhar junto com outra pessoa já casada, não lhe faltar de respeito, mas corta imediatamente! A conversa deve limitar-se ao essencial se não quer acabar vergonhosamente com o teu casamento. Não existem heróis no campo da afectividade; que não está decidido a cortar logo que tomar consciência, acabará por cair.

Como ser fiel? A lei da natureza diz que só seremos felizes se amamos, isto é se tornamos feliz o outro. Por isso, toma a decisão firme de tornar feliz o teu esposo ou esposa. A felicidade do teu esposo ou esposa é mais importante do que a tua própria felicidade. Se pensar em ti próprio, serás sempre uma pessoa insatisfeita e amargurada. Se pensar na felicidade do outro, isto é da tua esposa ou esposo e dos filhos, esquecendo-se de ti próprio, a felicidade entrará na tua família e no teu coração.

Marido, valoriza a tua esposa que, depois de um dia de trabalho, continua a fazer os serviços domésticos, escuta os seus conselhos … senão acabarás por martirizá-la e entregá-la nos braços de outra pessoa. Alerta!

Mulher, se tem uma vida activa na sociedade, conserva sempre o devido pudor na maneira de vestir e no trato. Lembra-te que um homem, mesmo que seja teu marido, não consegue aceitar tudo. Alerta!

Quem não segue a lei da natureza passará muitas lágrimas na terra e se condena na outra vida.

Os filhos desejam uma família unida

Sábado, Agosto 4th, 2018

Queridos pais, sei que a vida não é fácil para vós. Queria dizer-vos que o maior desejo dos vossos filhos é que continuem a amar-se e viver juntos; os vossos filhos querem uma família unida, não pais separados. A vossa separação geraria neles carência afectiva, desequilíbrio emocional, atrasos mentais, bloqueios na capacidade de se relacionar com os outros e na capacidade de amar. Isto é feridas emocionais profundas que os marcariam para sempre. A separação poderia afecta-los mais do que a morte de um.

A perceptiva de uma possível separação é para eles causa de pavor e ansiedade. Eis o porquê os filhos rejeitam a madrasta ou o padrasto e fazem de tudo para afastar o homem ou a mulher que querem entrar na vida de seus pais.

Queridos pais, amem o vosso matrimónio e façam de tudo para o salvar. Existe uma lei da natureza que todos os casais que a observarem poderão viver felizes e realizados: é a lei do amor. Por isso se preocupem para com a felicidade e a realização do outro, pois é amando o outro mais do que a si próprio que cada um se realiza.

O amor exige sacrifício. Cortem tudo o que impede a realização do vosso ideal de amor, custe o que custar. Lembrem-se que tudo o que é feito com verdadeiro amor não custa e que tereis uma grande recompensa, quer no relacionamento conjugal, quer por parte dos vossos filhos. Um bem incalculável!

Se és filho adoptivo

Sábado, Agosto 4th, 2018

Meu amigo (a), sei que te sentes abandonado, desprezado e rejeitado pelos teus pais naturais. Queria dizer-te, perdoa-lhes! Considera o seguinte: foram eles que te deram a vida mas, infelizmente, não tinham condições para te criar;  por isso – com muito desgosto, sofrimento e de coração partido – para que tu tivesses um futuro melhor, permitiram que outros te ajudassem, em lugar deles, e te garantissem os cuidados e as condições de vida e eles não te podiam dar. Enfim, o que os teus pais fizeram, foi um gesto de amor. Perdoa-lhes!

Queria dizer-te, também, respeita e ama os teus pais adoptivos, ama-os como se fossem os teus pais naturais e ainda mais. Eles estão contigo sempre, gostam de ti, deram-te e estão a dar-te aquele amor que, os teus pais naturais queriam dar-te, mas não puderam. Agradece-lhe!

Não desprezar os teus pais naturais. Se um dia os encontrares, abrace-os, agradece-lhes o dom da vida, agradece-lhe por esse acto de grande amor de se afastar de ti, para que tu pudesse ter melhores condições de vida. Se são pobres, ajuda-os. O amor com o amor se paga.

CONSTRUIR O FUTURO

Segunda-feira, Julho 16th, 2018

Queres ter um futuro maravilhoso? É simples: vive o presente de maneira maravilhosa. Aquilo que semear hoje, recolherás amanhã. Não há nada de incerto no futuro. Ele é a resposta do presente. Não te angustiar, arregaça as mangas e começas a semear sementes positivas e construtivas que se tornarão árvores gigantescas e vigorosas no futuro.
A semente de hoje é a árvore de amanhã. Se não plantar hoje, não haverá árvore e nem frutos amanhã. Semeia hoje o que queres colher amanhã. O primeiro passo para um futuro melhor é escolher o que tu desejas colher. Quais são seus projectos? O que pretende conseguir a curto, médio e longo prazo? Lembra-te que, se não sabes para onde vai, chegarás ao lugar errado.
Escolhas a semente. Não pode ser qualquer semente e nem qualquer projecto. Para bem determinar o que pretendes, lembra-te de que a tua escolha será acertada se te inspirar forte motivação e se te entusiasmar a seguir por essa estrada. Motivação e entusiasmo são as forças vigorosas que rompem todas as barreiras rumo ao futuro. São as energias impulsionadoras que conduzem ao sucesso.
Não importa se estás a atravessar um momento difícil, acalma-te agora, levanta a cabeça, sorri e digas a ti mesmo que todas as adversidades carregam em si a semente de um benefício maior.
Projecta o futuro, mas vives intensamente o presente. O presente é um presente de Deus, que deve ser desfrutado. Se hoje você vai bem, no futuro irá melhor. Se hoje acredita em ti, nas tuas capacidades, teu futuro será um sucesso.

COMEÇAR BEM O DIA

Segunda-feira, Julho 16th, 2018

Segundo um dito popular, há duas maneiras de começar o dia: com o pé esquerdo ou com o pé direito. Já te aconteceu vezes sem conta acordar mal-humorado, isto é, levantar-te com o pé esquerdo. Ora bem, queria dizer-te que isso não é devido a um destino cego ou às circunstâncias adversas. És tu o grande artífice da tua vida, depende de ti programar bem ou mal o teu dia. O teu dia será o que tu quiser ou fizer dele.
Se acordaste com o pé esquerdo é porque a tua mente estava carregada de pensamentos negativos e, assim, passaste o dia como que arrastado pela má sorte, trocando os pés pelas mãos. És tu que programaste mal teu dia. Eis então algumas dicas – só algumas – que te poderão ajudar a levantar-te com o pé direito, como deve ser:
1 – A noite, antes de te deitar, reconcilia-te com a vida, decidas que, depois de um sono saudável, iráS acordar alegre, positivo, cheio de energias e bem disposto.
2 – Ao acordar, agradece a Deus pelo dia, sorri, abençoa a jornada que inicia, colocando-te sob a protecção de Deus que te conduz pelos caminhos do sucesso. Tenhas pensamentos positivos.
3 – Toma o pequeno almoço bem-disposto, animado, sorrindo, brincando.
5 – Ao sair de casa pede a Deus que te proteja.
6 – No local de trabalho, abençoa o trabalho, a empresa e teus colegas. Não guardar mágoa de quem quer que seja, tão pouco tentes derrubar alguém. O descaminho nunca levará ao bom caminho.
7- Na hora do almoço, ficas tranquilo, bem disposto, atencioso para com todos. Agradece a Deus pela refeição. Alimenta-te com calma.
8 – Chega em casa bem-humorado, sorridente, feliz da vida. Falas de coisas alegres. Tenhas conversas sobre assuntos positivos. Ouças teus familiares. Dá atenção às crianças. Escolhas programas que alimentem a boa disposição.
9. Ao deitar-te, tenhas teu coração agradecido a Deus, pois cada minuto é dom do Seu amor.

NÃO TENHAS MEDO DA MORTE

Segunda-feira, Julho 16th, 2018

Por que ter medo da morte se a morte não existe? A tua vida não é o teu corpo; a tua vida é o teu espírito e o teu espírito é eterno, perfeito, nunca morre. Na verdade, nada morre: nem o espírito, nem o mente, nem o corpo. O espírito é uma centelha divina, por isso imortal. A mente é o espírito individualizado, que faz com você tu sejas tu, por isso também não morre. Por isso, não pensar na morte, palavra de sabor negativo, pensa na vida. Estás a passar por este mundo para apreciar a vida e preparar-te para a eternidade. Diz a ti mesmo, várias vezes por dia, que a vida é bela e vive-a com optimismo. Jesus disse: “Vim para que tenhais vida e vida em abundância”.

NÃO TENHAS MEDO DA VELHICE

Segunda-feira, Julho 16th, 2018

A velhice, como já dissemos, acontece no teu interior, na tua maneira de pensar e de agir, mas se tu quiseres poderás manter-te sempre jovem, como? Se a tua mente é jovem, tu ficarás sempre jovem. Sejas portanto sempre aberto às inovações da vida, a apreender, a mudar e nunca envelhecerás. Sejas um jovem, mesmo com oitenta anos, e todos gostarão de ti.
A velhice é a madrugada da sabedoria, é o momento culminante da grandeza interior. À medida que os anos avançam, tens a possibilidade de contemplar o mundo de um pedestal sempre mais alto e ler os acontecimentos à luz da sabedoria dos anos, então, nada te poderá perturbar.
Sejas sempre feliz, jovem, alegre, bem disposto, agradável, envolvente, atraente, simpático e querido, qual seja a tua idade. Nunca acabarás de aprender no livro da vida e dela receber o elixir da eterna juventude. A bíblia diz que àqueles que temem o Senhor: “Na velhice darão ainda frutos, serão ainda cheios de seiva e de vigor”.

O SEGREDO DA JUVENTUDE

Terça-feira, Julho 10th, 2018

O SEGREDO DA JUVENTUDE
Existe um segredo para se manter sempre jovem: o desejo de apreender. Quem não apreende algo de novo em cada dia e se fecha nas suas convicções, se prepara para um implacável e precoce envelhecimento. Ora bem, para apreender é necessário que haja curiosidade para tal, pois sem curiosidade, qualquer conhecimento torna-se aborrecido. É a curiosidade que nos impele a conhecer mais, sem ficarmos cansados ou aborrecidos. Se queremos conservar a juventude interior do espírito, temos um caminho seguro: a vontade de apreender cada vez mais. Nunca ficaremos cansados de apreender, pois teremos sempre algo de novo a conhecer, até ao último respiro da nossa vida. A vida é um processo de aprendizagem que não pode parar. Enquanto estaremos neste movimento, o espírito não envelhecerá.

Dinheiro

Quarta-feira, Março 28th, 2018

O DINHEIRO E A FELICIDADE
O dinheiro pode-nos dar conforto e segurança,
mas ele não compra uma vida feliz.
O dinheiro compra a cama, mas não o descanso.
Compra bajuladores, mas não amigos.
Compra presentes para uma mulher, mas não o seu amor.
Compra o bilhete da festa, mas não a alegria.
Paga a mensalidade da escola, mas não produz a arte de pensar.
Você precisa conquistar aquilo que o dinheiro não compra.
Caso contrário, será um miserável, ainda que seja um milionário.

«Não acumuleis tesouros na terra, onde a traça e a ferrugem os corroem e os ladrões arrombam os muros, a fim de os roubar. Acumulai tesouros no Céu, onde a traça e a ferrugem não corroem e onde os ladrões não arrombam nem furtam. Pois, onde estiver o teu tesouro, aí estará também o teu coração. (Mt 6,19-21)

“A piedade é, realmente, uma grande fonte de lucro para quem se contenta com o que tem. Pois nada trouxemos ao mundo e nada podemos levar dele. Tendo alimento e vestuário, contentemo-nos com isso. Mas os que querem enriquecer caem na tentação, na armadilha e em múltiplos desejos insensatos e nocivos que precipitam os homens na ruína e na perdição. Porque a raiz de todos os males é a ganância do dinheiro. Arrastados por ele, muitos se desviaram da fé e se enredaram em muitas aflições.” (1 Carta de São Paulo a Timóteo 6,6-16)

Pedras vivas

Sexta-feira, Março 23rd, 2018

Somos pedras vivas do Templo do Senhor.

“Aproximando-vos dele (Jesus) pedra viva, rejeitada pelos homens, mas escolhida e preciosa aos olhos de Deus, vós também, como pedras vivas, entrai na construção de um edifício espiritual” (1Pd 2, 4-5)

Cada um de nós é uma pedra viva do templo do Senhor. Numa construção, nenhuma pedra, mesmo a mais pequena, é inútil. Cada pedra mesmo a mais pequena e escondida nas mãos de Jesus a ela torna-se preciosa, porque Jesus a recolhe, a guarda com grande ternura, a trabalha com o seu Espírito, e a coloca no seu lugar certo.

Deus desde sempre pensou nela e deu-lhe o lugar certo para ser mais útil no conjunto de toda a construção. 

Cada um de nós é uma pequena pedra, mas nas mãos de Jesus participa da construção da Igreja”.

Assim, como pedras trabalhadas por Jesus, “todos nós, por mais pequenos que sejamos, tornamos-nos “pedras vivas” do Templo Santo de Deus.

Somos pedra vivas porque livremente trabalhamos; somos pedras viva porque em cada um de nós habita Deus, pelo Espírito Santo que recebemos; somos pedras vivas porque nascemos para uma vida nova repleta do Amor de Deus; somos pedras vivas porque temos um lugar e uma missão na Igreja.

Somos pedras vivas da Igreja, família de Deus, comunidade viva, feita de tantas pedras preciosas, todas diferentes, cada uma no seu lugar, formamos o Corpo Místico de Cristo, onde Ele atua, sinal da fraternidade e da comunhão”.

Papa Francisco